arquivo

Propagando

singuhlar, meninaphotographer, leidiju e ifuseelorys apresentam o segundo PropagandoCast. Ainda mais divertido, fazem uma peculiar homenagem as barangas. Aprenda a distingui-las, evitá-las e amá-las. Falam ainda sobre a tecnologia a favor da moda e curiosidades do tipo.

Ou faça o download aqui.


A tecnologia abrange uma infinidade de ações e meios. Sendo assim, a moda também está inserida neste contexto e a utiliza para si. Blá, blá, blá… enfim galera! Rsrs, podemos perceber que a tecnologia também é moda. Desde tempos atrás que novos métodos, novas pesquisas e experiencias vem sendo desenvolvidos para facilitar e incrementar a moda e a comunicação das mesmas.

Tecidos mais leves, tecidos mais resistentes e até mais bonitos, por exemplo. Atualmente a tecnologia é observada em diversos aspectos como saltos de tamanhos antes impossíveis, roupas de led, camisas com proteção solar, óculos que fazem ligações telefônicas, tênis com amortecedores de atrito entre muitas outras coisas desenvolvidas para o bem estar e praticidade. Moda acima de tudo busca um conforto, um sentir bem para o individuo.

Além de todos tratamentos para corpo, pele, cabelo, cosméticos mil, maquiagens para rejuvenescência, sprays, esmaltes, tintas, bronzeamentos, alisamentos… ufa é uma lista que não acaba mais! São situações e produtos que estão a favor da pessoa, que melhoram a aparência, condicionamento físico…

Segundo Luis Tadeu Dix, na terminologia do Marketing: transformar Function em Fashion – Não é só na área esportiva. Relógios digitais incorporam funções que os analógicos não permitem. Acessórios como calçados, bolsas, jóias e bijuterias, estão ao alcance do grande público. Tudo isso incorporando o design, fato primordial para o aspecto moda.

“Moda é um estado de espírito individual que comunicamos para o ambiente em que vivemos, portanto, depende do lugar, da época e do próprio indivíduo.”


Olá pessoas rycas e chics! Rsrs…

Hoje vamos falar sobre um assunto inédito neste blog: MODA! Rsrs…

Primeiramente vejamos a definição do dicionário da língua portuguesa Michaelis:

moda
mo.da
sf (fr mode) 1 Uso corrente. 2 Forma atual do vestuário. 3Fantasia, gosto ou maneira como cada um faz as coisas. 4Cantiga, ária, modinha. 5 Estat O valor mais freqüente numa série de observações. 6 Sociol Variações contínuas de pouca duração que ocorrem na forma de certos elementos culturais (indumentária, habitação, fala, recreação etc.). sf pl Artigos de vestuário para senhoras e crianças. Antôn: antimoda.

Moda então, é um conjunto de ações, valores, formas e subjetividades para a criação de uma imagem (sim, gastei!). Somos moda em cada atitude que temos. Modo de ser, moda.

A internet é um espaço onde essa moda, se manifesta em caráter ampliado, aderindo a diversidade e a pluralidade do assunto em diversos meios. Sites, redes sociais, portais… tudo se cria e se discute moda.

O problema em questão é que com essa multiplicidade de informações, muitas pessoas se perdem e acabam perdendo sua identidade, ou forjando uma. É nessas horas que é necessário um auxilio, um consultor de moda, para orientar essa criação imagética.

Uma das mais famosas consultoras de moda, etiqueta e comportamentos do Brasil, é a finíssima Glória Kalil (chic é ser inteligente!).

Glorinha minha best é Jornalista (coitada), empresária e consultora de moda. Diretora de confecções como Fiorucci e Jeigikei.

Desde 1995 dedica-se à consultoria de estilo e negócios ligados ao campo da moda e do comportamento. Faz palestras e projetos especiais, como vídeos, planos de marketing para lojas de varejo e assessorias para indústrias e organizações institucionais como o Senac.

Colabora também com matérias de moda para a imprensa escrita, televisão e outras mídias.

Glorinha é um clichê de moda no meio da comunicação, em quase toda estação percebe-se sua influência na mídia.

Como sou uma pessoa muito chic, já li há alguns anos atrás um livro de sua autoria, chamado ” Chiquérrimo” e gostei muito. Atualmente Glorinha possui seu site e dentro do mesmo, links para seus blogs, que tratam de diversos assuntos, como moda, moda e moda. Rsrs…

Bom, o que interessa afinal? Dentro do site de Glorinha, há um espaço muito bacana para interagir com o os internautas: A REDE CHIC.

Para se cadastrar e fazer parte da rede, você pode usar sua conta do Twitter ou Facebook, basta clicar na rede desejada para fazer a conexão. Fiz o meu perfil para teste deste post e já recebi e interagi muito conteúdo bacana, inclusive compartilhei esse blog e esse post para o todos!

http://chic.ig.com.br/perfil/singuhlar

Quem se interessar dá uma passadinha lá, a rede chic é… muito chic! Rsrs…

“As tendências não esperam as suas estações. O que acontece são informações instantâneas e este é o papel da moda, trazer para hoje o que foi ontem.”

Se tem uma coisa que eu adoro, são catálogos de moda.

Mas não me refiro àqueles cadernos com arame, com páginas e mais páginas de roupas e acessórios em fundo infinito a lá Avon.

Digo sobre os verdadeiros livretos, booklet, fotolivros, de grifes famosas, que só encontramos em institutos de beleza ou consultórios refinados. Aqueles catálogos que só servem pra olhar e apreciar, as cores, a qualidade do papel, a beleza dos modelos magricelas em suas posições contorcionistas, com roupas que todo mundo acha lindo mas ninguém usa. É, eu adoro esses catálogos. Folhea-los como se eu fosse uma ryca, que entende a simetria dos cortes das peças, com uma feição de “talvez eu compre este, este e aquele”. Só fingir, que mal tem?

Mas deixando de embromation, a grife Espaço Fashion – que conta com lojas em várias capitais do Brasil – teve a brilhante idéia de montar em seu site um aplicativo – criado pela 6D Estudio – que permite o usuário criar seu próprio catálogo, como uma forma de divulgação de sua nova linha de verão, inspirado nas viagens pela BR-101 (estrada que corta o litoral ligando o Rio de Janeiro a Santos) nos anos 50.

Funciona assim, no site você encontra 5 videos de duas modelos em ensaios fotográficos com as roupas da grife, o que você tem de fazer, é clicar as fotos – ou seja, também é super legal pra quem gosta de fotografar – tentar pegar as melhores capturas, e depois organizar as fotos em um catálogo, onde você pode também escolher a cor de fundo, aplicar efeitos, p&b, adicionar carimbos e escritas, girar as fotos e posicioná-las da forma que quiser, depois salvar seu catálogo e mostrar prazamigas, publicar no face e outras mídias. Enfim, está feito o divertimento do usuário e a publicidade da marca. Vale muito a pena perder uns minutinhos nesse site.

Aproveite e confira o catálogo que eu fiz:

http://www.espacofashion.6d.com.br/#/catalogo/galeria/id=5235/

Estou na moda? Isso combina? Dá pra usar isto naquela ocasião? Estou muito básico? Estou exagerado? O que usar? O que vestir? Como? Onde? Porque?

Perguntas e mais perguntas rodeiam a cabeça da maioria das pessoas sempre que vestem uma roupa. Principalmente das mulheres, que se preocupam mais com a aparência. Porém, atualmente, esse quadro está se revertendo. Os homens estão se cuidando muito mais do que antes, isto é visível. A emergência dos metrossexuais impulsionou o mercado, que precisou se moldar e reinventar para atender as novas demandas desse público exigente. Homens que cuidam da pele, cabelo, unhas, que se preocupam com o corpo e com a beleza. Vão ao cabeleireiro, fazem massagens, tratamentos estéticos, se preocupam com roupas e acessórios. E ao contrário do que os machistas, ogros e adeptos da não frescuragem pensam, as mulheres reparam e gostam desses cuidados. Alguns ignorantes ainda confundem metrossexualismo com homossexualismo. Geralmente funciona assim, Todo gay é metrossexual, mas nem todo metrossexual é gay (Rsrs…). O termo “Metrossexual” surgiu pela junção das palavras “metropolitano” que significa, homem que vive em grande cidades, e sexual (sexo, sexo, sexo). Um exemplo de metrossexual assumido (Ui…) é o conhecido David Beckham, que passa grande parte do dia fazendo compras, arrumando as unhas, preocupado com o cabelo… afinal ele tem uma imagem a zelar e esse é ponto chave. Marcas famosas, carros do ano, aparelhos sofisticados, design de ultima geração, vinhos raros, perfumes importados, aparência impecável são pontos que se destacam em um metrossexual.

Na internet é notável o número de sites, portais e fóruns voltados para os homens que se cuidam. Serviços como depilação, fazer a sobrancelha, cosméticos, tratamentos de pele e cabelo a cada dia aumentam com a procura dos mesmos. Uma rede social aqui já citada, a byMK tem um espaço voltado especialmente para os homens que querem se sentir melhor e se preocupam consigo.

Mulher repara muito mais e nota a diferença de um homem que se cuida. Que mulher não vai preferir um homem arrumado, bem vestido, cheiroso, bem apresentável ao seu lado? Ser macho não precisa ter unhas encravadas, chulé, rosto oleoso com espinhas, cabelo mal cuidado, barba por fazer, pelos por toda a parte do corpo. Seja sofisticado, invista em sua imagem e quanto ao seu lado macho… se garanta na pegada!

Um beijo com Manteiga de Cacau (para não ressecar os lábios) Rsrsrs…

Xoxo.